quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Coisas que entendi

Temperamento é diferente de caráter. Uma pessoa extrovertida pode prestar sim, enquanto outra aparentemente quieta pode ser falsa.

A aparência pode ser uma armadilha; não seja levado por elas.

Há lágrimas mais alegres que muitos sorrisos.

Um corte de cabelo pode levantar seu astral  mais do que imagina.

Há duas coisas praticamente impossíveis de entender: a mente feminina e as atitudes dos homens. Por isso inventaram a psicanálise.

Inconstância é uma característica dos seres humanos, e não apenas das mulheres.

A maioria das pessoas que dizem "eu te amo" não querem, realmente, dizer isso.

Amor não é teoria; é prática.

Deus se preocupa menos com religião do que a maioria de nós.

Não importa o que você diz; o que fica marcado é o que as pessoas entendem do que você diz. Por isso, fale sempre o mais claro possível.

Não são os "nãos" que ouvimos que nos paralisam; é o medo de tentar. Esse nos congela antes que cheguemos a ouvir um "não".

A capacidade do ser humano de fazer besteira é mesmo infinita.

Quantidade nunca significa qualidade, principalmente no que diz respeito aos amigos.

Sem sabedoria, a inteligência é como um manual que você decorou.

A cultura influencia até a mais simples das nossas idéias.

A maioria dos "politicamente corretos" só falam da boca para fora. Nunca puseram suas idéias em prática.

Tem político decente sim. Mas a gente não vota neles, porque têm pouco apoio e não aparecem muito na TV, que a propósito, é quem comanda as eleições.

A maioria de nós nasce alienado, cresce alienado e vai morrer alienado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário