quarta-feira, 30 de maio de 2012

Enterros

Você entra na capela e vê o corpo ali no meio, cercado por sua platéia chorosa. Todos tristes com aquela inesperada situação. A mulher do defunto está debruçada sobre o corpo e, entre soluços, grita que não é capaz de se separar do marido; o irmão está frustrado por não ter dado valor suficiente ao homem que estava no caixão; os amigos se revezam: ora para socorrer a esposa, ora para consolar o irmão e - vez ou outra - para desfrutarem de seus próprios momentos de desamparo.

Triste cena.

***

Enterros são difíceis. Graças a Deus por não passarmos por coisas assim todos os dias...ou será que passamos?
A menos que você seja um coveiro, dificilmente presencia enterros desse tipo toda hora. Mas isso não quer dizer que você não veja OUTROS TIPOS de enterro.
Pense bem: o que é um enterro? Não é um momento em que você se despede para sempre de um ente próximo? Então...e quem seria mais próximo de você do que você mesmo?
Calma, eu explico. Todos os dias enterramos partes de nós. Enterramos emoções, sentimentos, idéias, sonhos...às vezes, também enterramos outras pessoas, banindo-as de nossas vidas. 
Como os enterros comuns, esses também são bastante dolorosos. A diferença é que, ao contrário do que acontece em um cemitério, esses "enterros pessoais" podem ser muito bons.
Há momentos na vida da gente nos quais precisamos nos desgarrar de algumas coisas. Sabe aquele sentimento que te prende há tanto tempo? Enterre. Aquela pessoa que só te trouxe dor? Enterre. Os velhos paradigmas que você carrega? Enterre. E os hábitos ruins? Enterre, enterre tudo, e dê lugar ao novo.
Como eu disse, nada disso é fácil. Vai doer, você vai querer se agarrar ao "defunto" (que aqui simboliza qualquer coisa) por achar que não sobreviverá sem ele. Mas sabe, depois de um tempo você supera. E algo novo ocupa aquele lugar...
Nossos sentimentos e planos também tem um ciclo de vida, e tem horas que, por mais difícil que seja, precisamos deixá-los ir. Eu, particularmente, estou na minha fase de coveira...



2 comentários: