sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Os 80 anos do Voto Feminino


Hoje é um dia especial para todas as mulheres brasileiras. Há 80 anos foi criado o Código Eleitoral brasileiro, que estendeu às mulheres o direito ao voto.
Esse foi um passo importantíssimo para a democracia, que, afinal de contas, significa “poder do povo”. Se uma parte do povo não pudesse votar, nunca teríamos nos aproximado desse ideal.
Hoje as mulheres já constituem a maioria do eleitorado brasileiro. Temos mulheres ocupando cargos em todas as esferas políticas - inclusive na presidência - o que é motivo de orgulho para todas nós.
A luta agora é para que a mulher alcance ainda mais espaço na sociedade. Se somos mães, esposas e profissionais (tudo ao mesmo tempo), quem disse que não podemos ditar os rumos desse país? Acreditem em mim, se as mulheres se engajassem mais na política o Brasil não estaria do jeito que está.
O quê? Acha que isso é conversa de feminista? Maniazinha boba essa de dividir o mundo entre “feministas” e “machistas”! Existe um meio-termo, sabia? Um grupo composto de pessoas equilibradas, que acreditam que um sexo não é melhor que o outro. Um grupo que acredita que os seres humanos são iguais e que, portanto, tem as mesmas capacidades. As únicas diferenças entre homens e mulheres são físicas (contra as quais, felizmente ou infelizmente, não se pode fazer nada).
Ainda hoje, em muitos países, as mulheres não podem votar ou manifestar suas opiniões sobre nada. Por isso, mulheres do meu Brasil varonil (ok, ok. Esse era o último adjetivo que eu poderia usar nesse texto, rsrs), valorizem o direito ao voto, pois ele foi conquistado com muita luta. Nas próximas eleições usem esse poder de forma consciente!

Um comentário:

  1. Mi ainda bem que você escreveu o penúltimo parágrafo, ou ia continuar sendo tachada de feminista pelo resto da sua vida!!!

    Guilherme

    ResponderExcluir