segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Reflexo





"REFLEXO: Produzido por reflexão; efeito produzido pela luz refletida; [Figurado]  Imagem confusa, reminiscência.

"REMINISCÊNCIA: Faculdade de reter e reproduzir conhecimentos adquiridos;  lembrança vaga e quase apagada; coisa de que se guardou memória inconscientemente."
(Dicionário Priberam)


A gente tende a pensar que reflexo é uma reprodução exata da imagem original. Talvez (não tenho certeza) isso aconteça no campo físico, mas quando se trata de "coisas da nossa cabeça", estou segura de que nem sempre é assim. Tudo que vemos, interpretamos e modificamos. Sem contar que aquilo que vemos já é limitado pela nossa visão, crenças e valores. Logo, nem tudo é do jeito que achamos que é. 
Quem nunca brincou de telefone sem fio? No jogo, cada um pensa estar reproduzindo a mensagem verdadeira, mas ela sempre é modificada antes mesmo que a brincadeira acabe. E por quê? Porque cada participante entende a frase da sua própria maneira.
É assim que funciona com as outras áreas das nossas vidas. Coisas que as pessoas nos falam, imagens que vemos no espelho...tudo isso não passa de reflexos distorcidos, reminiscências. 
Pode acontecer de você ouvir uma coisa e se ofender quando, na verdade, a pessoa que emitiu a mensagem disse algo simples, que nem era direcionado a você. Moral da história: reflexo distorcido. A mensagem não era o que você pensava.
Outro exemplo de reflexo distorcido: você está se sentindo bem consigo mesma, até que olha no espelho e não gosta do que vê refletido nele. Mas diga, qual é a imagem que vale mais? A que você faz de si mesma ou a que está ali no espelho?
Os reflexos não são melhores que os originais! Não se esqueçam, eles não passam de "interpretações" do mundo e não correspondem necessariamente à realidade. Não guie sua vida por eles (isto é, pelo que dizem de você, pelo que você ACHA que aconteceu, ACHA que ouviu, que viu ou ACHA que te disseram. "Achismos" são reflexos distorcidos) 
;)


Abraços



Foto: "Mulher em frente ao espelho". Pablo Picasso

Nenhum comentário:

Postar um comentário