sábado, 20 de agosto de 2011

A hipocrisia do "Jeitinho Brasileiro"

 

Jeitinho brasileiro é a técnica que o nosso povo tem para se virar. É aquela velha malandragem,  a criatividade e o jeito que fazem fulaninho dar até nó em pingo d'água...enfim, é a capacidade de se safar diante de imprevistos!
Pois é né, uma característica tão singular assim deveria ser vista como um estágio mais avançado de  desenvolvimento do homem. Algo para ser passado para as próximas gerações. Só tem um porém: a definição que eu dei  de jeitinho brasileiro está totalmente ultrapassada! 
Jeitinho brasileiro se tornou sinônimo de desonestidade.  A malandragem, antes sinal de esperteza (no bom sentido da palavra), hoje é um dos símbolos da corrupção brasileira. Ah é, ainda tem isso. Esqueci de dizer que brasileiro não tem boa fama; em geral somos vistos como um povo de honestidade duvidosa...
Não chego ao ponto de dizer que o brasileiro seja exatamente desonesto. Só hipócrita.
Por quê? Porque cobramos moralidade dos outros, mas não agimos com essa mesma moralidade. Um exemplo tácito disso é a nossa atitude em relação aos políticos. Ao mesmo tempo em que  os jugamos  vemos notícia de algum cidadão que fraudou sua documentação para receber mais benefícios do governo,  ou de gente que fez "treta" para se aposentar, e por aí vai...claro que a desonestidade de um político tem um peso muito maior para a população, mas no fim das contas, os dois demonstraram falta de ética.
E como chamamos esse negócio de cobrar dos outros aquilo que você mesmo não faz? HIPOCRISIA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário