sábado, 18 de junho de 2011

O poder das mídias sociais

 

Hoje em dia é como se as pessoas tivessem múltiplas vidas, e entre elas a virtual. Infelizmente tem gente que ainda não se deu conta de que, como na vida "real", você tem uma reputação a zelar na internet.
Os brasileiros se renderam às redes sociais. Estamos entre os países que passam mais tempo conectados. As empresas estão de olho nos internautas, que hoje constituem uma fatia importante dos consumidores de diversos produtos. 
A internet também se tornou um excelente banco de talentos, e os empregadores já divulgam vagas e fazem contratações via online. É que o assunto esquenta, já que muitos ainda não sabem cuidar da imagem que divulgam nessas redes, o que traz uma infinidade de desvantagens.
Como eu disse, as empresas já visitam os perfis dos candidatos a alguma vaga, e cortam aqueles que só falam abobrinha. Por isso, se você tem pretensões sérias na sua carreira, atenção ao que fala na internet. Tenha cuidado mesmo ao fazer comentários descontraídos, pois são nesses momentos de descontração que as pessoas deixam transparecer seus princípios, e o empregadores de hoje se preocupam muito os valores que seus empregados cultivam.
E os endereços de e-mail? Nem deveria ser necessário falar mais isso, mas ainda existem aqueles que vão entregar currículo com endereços do tipo: tamy_htinha@, pedro_ocara@, princesaju@, Camila_sexygirl@ e por aí vai...é sério(a propósito, inventei esses endereços agora, qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência)...É o tipo de coisa que demonstra falta de maturidade. Cuidado com a linguagem também: eu nunca contrataria alguém que, mesmo que apenas na internet, IxcRevE AsSiM...(dâ?)
As pessoas estão perdendo a chance - que a Internet dá - de fazer bons negócios e expandir seus horizontes. Tudo por falta de atenção.
Sempre achei que o mais legal da Internet é justamente o fato de que aquele "oligopólio da comunicação" acabou, hoje todos conseguem informações de mil fontes diferentes. Também produzem informações, como é o caso dos blogs, por exemplo. O problema é que da mesma forma que você tem acesso ao que os outros escrevem, eles também têm acesso a você, então CUIDADO. Cuidado com o que fala, com as imagens que divulga, com os eventos que apoia...na Internet nada se perde, então se você fizer besteira hoje, daqui a dez anos as pessoas ainda saberão.
Pode ser que depois de tudo o que eu disse você tenha ficado receoso de manter perfis online. Não fique. Eles são incrivelmente úteis, e viver aquém das redes sociais te faz quase um náufrago em terra firme. Ou um ermitão rsrs
Tem mídia social para tudo o que você quiser: contato com amigos, contatos profissionais, divulgação de trabalhos, compartilhamento de arquivos...tem até umas que ensinam a fazer tudo, desde um simples café a pintar um apartamento!
Uma das redes sociais que acho mais legal é o twitter. Como quase todo mundo eu fiz o meu cadastro pensando "para quê isso serve?" , mas acabei descobrindo que serve para muita coisa. Por exemplo, se eu me interesso por política internacional basta seguir os perfis das publicações que tratam sobre o tema que as informações chegam filtradinhas para mim. Simples assim. Também é muito bom para fazer contatos profissionais (se você não falar só besteira). Ah, e como distração, você também pode seguir seus artistas preferidos, pessoas que você acha engraçadas, sites de humor...enfim, as possibilidades são infinitas!
As mídias sociais conquistaram tanto espaço na nossa vida cotidiana que até já ganharam um profissional especializado nelas: o analista de mídias sociais. Esse é um trabalho sério, e falta gente qualificada para atender a demanda das empresas. O único problema é que tem muita gente se achando apto para o cargo simplesmente porque tem twitter. Assim não dá, né?



Para finalizar, ouso dizer que as redes sociais estão se tornando a maior força política do século ao permitir o compartilhamento de informações instântaneas entre os seus membros. Isso influi muito na formação da opinião pública. Veja as últimas eleições, por exemplo: com o grande apoio conquistado nas redes sociais (especialmente no twitter), a candidata Marina Silva (PV) alcançou um número expressivo de votos, votos estes que foram bastante disputados pelos demais candidatos no segundo turno. Nos Estados Unidos, a internet contribuiu muito para eleição do Obama. E a quantidade de protestos que já foram marcados pelo facebook? Acho tudo isso maravilhoso. Já pensou se a gente conseguir que, nas próximas eleições, os resultados sejam melhores por conta dessa conscientização geral que está acontecendo através da força da Internet?
Pensem nisso!


Bom FDS

Um comentário:

  1. Tenho um amigo que não publica fotos dele na internet. Eu respeito isso e durante algum tempo tentei fazer o mesmo. Não dá. É como tentar andar pelo mundo com um saco de papel na cabeça. Se alguém te viu, cedo ou tarde você aparece. Tente buscar seu próprio nome no Google. As pessoas mantem albuns com rostos identificados e relacionados a e-mails nos seus arquivos pessoais e quiçá não estejam por aí em alguma réplica privada do provedor. Se eu fosse paranóico certamente não dormiria a noite e estaria criando mil contingências, mas como acho que ainda não cheguei lá, fico apenas formulando teorias conspiracionistas que espero nunca, jamais, em tempo algum e nem de brincadeira se tornem realidade.

    ResponderExcluir